Brother Mariuza, Pittsburgh, Pennsylvania – EUA

  • Minha vida de moto não é tão “excited” como deveria ser com uma Harley .. minhas viagens são locais ( 2 horas de ida, almoco, e 2 horas de volta).

    Tenho essa moto a 2 anos, aliás foi meu presente de 50 anos do meu maridão, o qual não anda de moto, mas aceita minha loucura de ter  uma.

    Durante o verão , eu a uso para ir trabalhar e na hora do almoço, saio para minha “terapia”, uma hora de moto nas ruas desertas … me faz muito bem e melhor ainda, sempre faço isso sozinha.

    Quando saio no final de semana, normalmente saio com um grupo de 6 a8 pessoas, sendo eu a única mulher a dirigir a moto. São casais de conhecidos e vizinhos que também são apaixonados por motociclismo.

    Eu prefiro andar sozinha, sinto mais liberdade assim, levar alguém na garupa é mais perigoso porque fica dificil  se movimentar rapidamente com a moto.

    Também participo do HOG ( Harley Owners Group) e as vezes vou as reuniões, mas ainda não viajei com eles.

      

     

    Participe também desta coluna, envie a sua história para bros@brosbikers.com.br e fale um pouco sobre você.

    Você pode mandar fotos e vídeos para publicarmos.

     

     


    02,fev,2012 | alex | Sem Comentário | Tags:

Sobre o Autor

Ricardo Alex

Deixe seu comentário

* Nome, Email e comentário são obrigatórios