Da internet para a estrada

  • Sorocaba é escolhida como largada e chegada para o desafio de enfrentar 24 horas numa motocicletaADRIANE SOUZA
    adriane.souza@bomdiasorocaba.com.br

    11472_10200243405360913_1267063638_n

    Menos de 24 horas para percorrer 1,6 mil quilômetros. Este é o desafio que um grupo de 20 pessoas irá encarar a partir de hoje, às 20h. O objetivo é receber a certificação da Iron Butt Association, que é emitida para motociclistas que passam pela prova, que exige regularidade e, principalmente, resistência.

    Esta é a primeira vez que um grupo brasileiro tenta esta certificação. A equipe organizadora conta com pessoas de Sorocaba e de Campinas.

    Os participantes são integrantes do Midnight Riders, um grupo que surgiu de um fórum on-line para os apaixonados pela moto Yamaha Midnight Star. “O grupo conta com participantes ativos de todo Brasil e até de outros países. Ali, trocamos informações sobre nossa paixão em comum”, explica Francisco Grosso.

    Sem limites/ Os participantes do Midnight Riders já se testaram em outras ocasiões, indo até o Chile, a Rota 66 nos Estados Unidos, Caxambu (MG) e Bonito (MS). “O grupo também passeia  com frequência pela região, sempre ostentando o símbolo do Midnight Riders”, conta Júnior Negrão.

    Além da rede/ Anualmente, o grupo Midnight Riders organiza um encontro que costuma contar com integrantes de todas as partes do país. “Temos em comum esta paixão por andar de motocicleta, por fazer amizades, mas tudo dentro das três regras, que são honra, orgulho e respeito”, esclarece Alexandre Lima. Ele conta ainda que, no ano passado, 130 motos se reuniram num comboio de 1,5 quilômetros no passeio de aniversário do grupo.

    Tudo programado/ O Midnight Riders tem uma lista de espera com interessados em participar do Iron Butt. Para respeitar a legislação de trânsito e por segurança dos integrantes, o limite ficou estipulado em 20 motocicleta a seguir no passeio. A associação exige que as motos parem no mínimo nove vezes, por cerca de 30 minutos.
    A largada do desafio será no Auto Posto Leisa, que fica na avenida Dom Aguirre, 3.465, às 20h.

    Detalhes que fazem a diferença

    O BOM DIA procurou o preparador físico Helio Marconi Gerth para saber se qualquer pessoa pode participar deste tipo de desafio. Ele diz que é fundamental que o motoqueiro esteja com a saúde em dia. “Consulte seu médico e faça um check-up, esteja com o sono em dia, pois o sono é um fator complicante que torna o evento perigoso”, alerta.  Além disso, Helio recomenda que, a cada parada, é fundamental que o participante faça a reposição da energia gasta, com alimentação, água e isotônicos e alongamento para membros inferiores, superiores e coluna.

    Percurso radical

    1ª parada: km 269
    Santa Cruz do Rio Pardo.
    2ª parada: km 480
    Entre Regente Feijó e Presidente Prudente.
    3ª parada: km 647
    Andradina.
    4ª parada: km 817
    Penápolis.
    5ª parada: km 960
    Bauru.
    6ª parada: km 1,1 mil
    Entre Taquaritinga e Catanduva.
    7ª parada: km 1,2 mil
    Bebedouro.
    8ª parada: km 1,4 mil
    Entre Cravinhos e Santa Rita do Passa Quatro.
    9ª parada: km 1,5 mil
    Entre Santa Barbara D’Oeste e Hortolândia.
    Chegada
    Prevista para 18h33, em Sorocaba

    Fonte: Redebomdia


    01,mar,2013 | alex | Sem Comentário | Tags:

Sobre o Autor

Ricardo Alex

Deixe seu comentário

* Nome, Email e comentário são obrigatórios