Final frontier – Buell BR – Ushuaia 2012 – 7 Parte

  • Dia 13 – Duana – Chile/Argentina – Rio Gallegos: 300 KM

    As 8:00hrs já estávamos prontos e saindo, de cara já tinhamos que encarar a aduana de saída da argentina, depois de uns 20 minutos estávamos rodando no rípio novamente, mas desta vez combinamos de ir com muita calma para poupar as motos, a estrada estava seca mas o buracos e as costeletas ainda estavam lá, com muita calma e muito tempo conseguimos rodar os 120km, os últimos 10km foram tensos por causa do vento que resolveu soprar muito forte, mas tudo certo, depois de 4 horas conseguimos vencer o rípio sem tombos, fomos direto para a balsa para atravessarmos o estreito de magalhães, quando chegamos na fila não dava para descer das motos pois o vento estava muito forte mas pudemos identificar mais algumas vitimas do rípio, desta vez foi a suspensão dianteira do Ito e o suporte dos bauletos do Sueden novamente!!! Ainda faltavam 200km até Rio Gallegos, e vento estava muito forte, a travessia em si foi tensa a balsa balançava muito as ondas estavam gigantes. Continuamos viagem a por um pequeno erro acabamos tendo que rodar mais do que tinhamos de autonomia, não teve jeito “pane seca”, mas por sorte tínhamos os galões de gasolina que até então não havíamos usado, gasolina no tanque e conseguimos chegar a Rio Gallegos as 17:00 e ainda passamos na frente de uma concessionária Yamaha, já aproveitamos e procuramos saber se eles concertariam a suspensão do Ito e o suporte do Sueden, a oficina é muito arrumada para os padrões argentinos e haviam várias motos de motocross, que era um bom sinal, pois a suspensão da Ulysses é muito parecida. Negócio fechado, ele arrumariam as motos até as 11:00 da manhã seguinte, então fomos procurar um hotel pois teriamos que dormir em Rio Gallegos, assim teriamos que cortar 1 dia em El Calafate, mas “faz parte”.
    Ficamos no Hotel Sehuen, hotel BBB (bom bonito e barato), e as motos ficaram na oficina, depois de um bom jantar fomos dormir pois a aventura ainda não acabou!!!!
    By Dudu

    Dia 14 – Rio Gallegos – El Calafate: 310 KM

    O dia começou tarde porque tínhamos que pegar as motos na oficina SM Motos em Rio Gallegos e as 10:30AM já estávamos lá para ver o quanto já haviam evoluído e logo percebemos que estariam prontas próximo do horário prometido que era por volta das 11:00AM.
    As motokas ficaram prontas as 13:00PM e logo pegamos estrada novamente sentido El Calafate e a medida que nos aproximávamos o tempo fechado, nublado, frio e com vento foi dando espaço para um céu azul, sol e o nosso companheiro de viagem o vento que continuava firme e forte.
    Após retas e retas e com muito vento a chegada em El Calafate nos foi recepcionada com uma visão que nos surpreendeu com uma estrada sinuosa e um traçado muito bem feito e a vista espetacular com uma parada para sessão de fotos.
    Nesta parada identificamos outra sequela do rípio, o coxim dianteiro da moto do Sueden porém um problema contornável se a idéia do Dudu der certo amanhã.
    Hospedamos-nos no Hotel Patagon, excelente por sinal, para continuarmos amanhã com mais um dia de turismo para conhecer o famoso Glaciar Perito Moreno e tentar resolver o problema da moto do Sueden.
    De fato, pegamos a estrada de rípio na pior situação possível, todos os Argentinos comentam que a estrada nunca esteve tão ruim assim como está

    25,abr,2012 | alex | Sem Comentário | Tags:, ,

Sobre o Autor

Ricardo Alex

Deixe seu comentário

* Nome, Email e comentário são obrigatórios