Harley-Davidson e Penske fecham parceria no Brasil.

  • Operadora logística terá um Centro de Distribuição em Cajamar, em São Paulo exclusivo para as operações do cliente

    A Penske Logistics firmou uma parceria com a fabricante de motocicletas Harley-Davidson para gerenciar todo o processo logístico da companhia no Brasil. No centro de distribuição de 2.350 metros quadrados em Cajamar  no estado de São Paulo, exclusivo para o cliente, a equipe de aproximadamente 50 pessoas vai garantir a expedição dos cerca de 13,5 mil itens em estoque para os 11 distribuidores e revendedores da marca pelo país.

    Segundo comunicado da empresa, a movimentação mensal média (entrada e saída) é de cerca de 40,5 mil peças. A Penske afirmou também que desenvolveu uma metodologia personalizada de trabalho e novas funções dentro do centro de distribuição para atender os prazos do cliente, demandas e fluxos de distribuição. Este trabalho inclui o recebimento, separação e distribuição de peças, material de merchandising, acessórios e vestuário.
    O layout do armazém de operação também foi especialmente projetado para permitir a separação em categorias de itens e é ativado com RFID, empilhadeiras elétricas e porta-paletes para maior eficiência no manuseio e embarques de entrada e saída.
    “Estamos muito satisfeitos por estar prestando serviços para Harley-Davidson no país, pois isto demonstra o grau da nossa experiência no segmento automotivo e de especialização que oferecemos a cada cliente. Estamos comprometidos com essa relação e feliz com os resultados já alcançados “, disse Paulo Sarti, diretor da Penske Logistics, América do Sul, segundo o comunicado.
    A Harley-Davidson espera que a venda de motocicletas fora do mercado norte-americano seja superior a 40% do total produzido em 2014 e, para atingir a meta, mercados como o brasileiro são considerados estratégicos para a companhia.
    “Nós realmente nos preocupamos com nossas atividades de pós-venda. Para garantir a eficiência deste processo, agora podemos contar com um parceiro de logística que é capaz de gerenciar toda a distribuição efetivamente tal como Penske Logistics “, disse Longino Morawski, diretor gerente comercial da Harley-Davidson do Brasil, de acordo com a nota.
    Desde o início do projeto, em janeiro de 2012, a equipe da Penske Logistics já efetuou uma remodelação nos processos para acelerar a separação das linhas de produto, passando de 1.988 linhas em janeiro para um pico de 6,841 em abril.
    Simone Talarico
    Business Review Brasil

    19,set,2012 | alex | 2 Comentários | Tags:

Sobre o Autor

Ricardo Alex

2 Comentários e Aumentando..

  • PALITO 09.19.2012

    Estou lendo essa matéria, e fiquei feliz, porem gostaria muito de saber, quando vai estar na atíva essas peças, porque conforme essa notícia esta escrita, não deveria eu e mais muita gente e até sei a quantia de uma das revendas, estar esperando peças p/ a minhaHARLEY-DAVIDSON a 2 meses, e sem nenhuma satisfação da Revenda, de quando vai ficar pronta a minha moto, esse comentário ja estou escutando, a vários meses, infelismente essa notícia p/ mim não procede.

  • Ivaldo nós sentimos que algumas mudanças já foram realizadas e que as peças estão começando a aparecer, mas não da forma como uma marca premium como essa merece.
    Acreditamos que a situação deve melhorar e estamos torcendo para isso, já que a marca está dificultando qualquer tipo de importação direta e o trabalho que estávamos realizando, de trazer peças para ajudar alguns clientes amigos para resolvermos problemas onde a moto estava parada já a meses, foi praticamente impedido com a restrição de venda de peças para comércio no Brasil.
    O jeito é aguardar a coisa toda se resolver.

    Atenciosamente,

    Bros & Bikers
    Alex

Deixe seu comentário

* Nome, Email e comentário são obrigatórios