Radares portáveis entram em operação na quarta-feira

  • Na outra semana mais três entram em funcionamento e, até o início de maio, ao todo dez equipamentos estarão nas mãos dos agentes de trânsito.

    Equipamento usado pela CET em São Paulo.

    A partir desta quarta-feira (25) os motoristas que circulam por Campinas voltam a ter a companhia dos radares. Quatro equipamentos portáteis começam a operar até domingo (29).

    Na outra semana mais três entram em funcionamento e, até o início de maio, ao todo dez equipamentos estarão nas mãos dos agentes de trânsito.

    Os aparelhos em formato de pistola, alugados pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) da Engebras S/A Indústria, Comércio e Automação, serão utilizados por quatro meses para autuações por excesso de velocidade.

    Esse tipo de infração, que só pode ser aplicada com a utilização dos radares, corresponde a mais de 60% do total de multas registradas no município no ano de 2010. O prejuízo mensal estimado da Emdec é de R$ 1,461 milhão sem os aparelhos fixos e portáteis. A volta do funcionamento desses equipamentos, entretanto, não agradou aos motoristas.

    O examinador Juarez José da Silva, de 43 anos, disse que concorda que o motorista deve respeitar as leis de trânsito, porém é contra os radares. ‘Para mim é uma tremenda sacanagem. Não dá para saber onde tem o radar. Isso com certeza vai aumentar o número de multas, mas não acho que vá mudar alguma coisa na segurança. Muita gente não respeita no dia-a-dia e você poder ver isso sempre’ , disse.

    O preço que será pago por Campinas pelos quatro meses de aluguel de 10 radares portáteis – estilo pistola -, manutenção e operadores será de R$ 415.200,00. O valor do aluguel de cada unidade, por hora, será de R$ 43,25. Acusada de fraude em contratos e direcionamento de licitações em Campinas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Radares, da Câmara Municipal, a Engebras ainda é ré em uma ação da inidoneidade movida pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul.

    Segundo a Emdec, todas as vias monitoradas possuem placas com a indicação da velocidade máxima permitida. A divulgação do posicionamento dos radares portáteis será realizada semanalmente e ficará disponível no site da empresa, no endereço eletrônico www.emdec.com.br e no site da Prefeitura (www.campinas.sp.gov.br).

    Vias monitoradas de quarta-feira até domingo:
    – Avenida Lix da Cunha.
    – Avenida Prestes Maia.
    – Avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza.
    – Avenida John Boyd Dunlop.

     Leia mais nas edições do dia 24/04 dos jornais do Grupo RAC


    24,abr,2012 | alex | Sem Comentário | Tags:

Sobre o Autor

Ricardo Alex

Deixe seu comentário

* Nome, Email e comentário são obrigatórios